sexta-feira, novembro 02, 2007

Cursos - Musicalização para Educadores

Musicalização para Educadores

Oficina e curso direcionados aos professores da Educação Infantil e do Ensino Fundamental, com ou sem conhecimento musical; aos músicos e compositores interessados em musicalização.
  • 1- Objetivo
  • 2- Formato
  • 3- Coordenação / Currículo
  • 4- Cronograma / Custos
Entende-se musicalizar por transformar a criança em indivíduo que usa os sons musicais, consome música, cria música, sente música e finalmente, se expande por meio de música.

Professor Marco Aurêh

  • 1- Objetivo
A proposta visa despertar de forma clara e objetiva, a musicalidade dos educadores para que se tornem aptos a desenvolver trabalhos básicos de musicalização com os seus alunos. Os participantes desta oficina vivenciam as práticas que envolvem o contato com a música de forma ampla e criativa. O coordenador desenvolveu atividades específicas direcionadas aos educadores que queiram trabalhar com musicalização infantil e infanto-juvenil. O projeto enfoca a música para alunos do maternal à 8a série do Ensino Fundamental.

Objetivos gerais
  • Levar o educando a entender e classificar gêneros musicais eruditos, populares e folclóricos do Brasil e de outros países;
  • Conduzir o aluno ao entendimento da história da música, partindo da pré-história até os nossos dias;
  • Conduzir o aluno a adquirir conteúdos musicais consistentes para uma prática futura, caso seja de seu interesse, desenvolvendo noções de ritmo, altura (som) e demais conteúdos
  • Vivências práticas e também teóricas;
  • Estimular o educando a aguçar seu sentido auditivo e fazer com que possa interagir com os demais colegas, alunos e platéia;
  • Promover o manejo de alguns instrumentos musicais, principalmente os percussivos, e trabalhar prática de conjunto com estes instrumentos e também a voz.
  • 2- Formato
As práticas abrangem atividades que estimulam a afinação, desinibição, ritmo, psicomotricidade, sociabilização, criatividade, sensibilização e percepção musical. O facilitador utiliza a voz, o violão, flautas e instrumentos de percussão durante as práticas que são sempre realizadas em forma de dinâmica de grupo. Algum material didático é
introduzido facilitando a compreensão de noções básicas de teoria musical.
A estruturação se baseia no perceber, no refletir e no criar. A dramatização teatral é utilizada como veículo de expressão. O foco é a ampliação do universo criativo (musical e dramático) do educador. OBS: Na oficina “Musicalização para Educadores” as informações são passadas de forma mais genérica, no caso do curso, haverá um aprofundamento das propostas.

Praticidade

Exercícios rítmicos e melódicos com ênfase nas cirandas, folclore brasileiro e
música popular.
  • Conhecimento de diversos gêneros e estilos musicais básicos.
  • Noção de confecção de materiais sonoros.
  • Leitura e encenação de histórias e textos teatrais.
  • Expressão por meio da voz de um vasto repertório de canções didáticas (curso).
  • Exercícios que estimulam a composição musical, poética e literária da criança, promovendo a interação e a troca nas parcerias.
  • Detalhes sobre gravações para serem usadas como registro e apreciação (curso).
  • Perceber as inúmeras possibilidades sonoras: timbre, altura, intensidade, duração, etc.
  • Prática Musical X Teoria Musical - Opostos ou complementares
  • A linguagem musical como expressão de comunicação - A criança que fala, canta
  • Escala musical e percussão - Brincando com os objetos da sala
  • Percepção musical - A cor do som de cada instrumento
  • Estátua, bichos, pomar, afetividade
  • Sensibilização, sincronicidade, criatividade, sensibilidade e dramatização
  • 3- Coordenação / Currículo
O facilitador Marco Aurêh é músico e ator profissional com uma vasta experiência artística no setor da música e do teatro. O professor, instrumentista e compositor dá aulas de música desde 1988 e aulas de musicalização em várias escolas desde 1993.
Marco Aurêh Músico, compositor e ator profissional com uma vasta experiência em trabalhos artísticos voltados para a infância e juventude. Dos seus 26 anos de carreira, 15 foram dedicados às aulas de música e 10 anos às aulas de musicalização infantil. Lecionou música em diversas escolas (D. Pedro II, Escola VIVA, Bem-Me-Quer, CENA, Escola Criativa Idade e Recanto Ecológico). Atualmente (2007) é professor de música do colégio ALAOR, em Petrópolis-RJ.

Fez curso de musicalização pelo método Kodaly com o professor Ian Guest e estudou sobre o ensino da música através da Antroposofia de Rudolf Steiner (escola Valdorf).
Trabalhou muitos anos com a escritora e dramaturga Sylvia Orthof quando teve a oportunidade de musicar diversos textos desta saudosa autora. Esta parceria gerou o CD "Cantando Sylvia Orthof - Músicas de Marco Aurêh". Este disco reúne uma seleção das melhores composições desta premiada parceria.
É especializado em composição e direção musical para teatro tendo conquistado diversos prêmios neste setor (vide currículo anexo); destaque para o prêmio Coca-Cola de Teatro em 1996 (RJ) na categoria Melhor Música pela trilha sonora do espetáculo “O Equilibrista”.

Recebeu em abril de 2003, o prêmio “Homenagem CBTIJ” do Centro Brasileiro de Teatro para a Infância e Juventude, pelo conjunto da obra dedicada à composição de músicas infantis para o teatro. Em 2003 foi eleito o melhor músico de música progressiva do ano pelo site www.rockprogressivo.com.br

Ministrou diversas oficinas e cursos (“A força da Música” e “Música e voz no teatro”), na CAL (Colégio de Artes de Laranjeiras) e na Escola de Teatro Martins Penna, no Rio de Janeiro, na organização Solidariedade França Brasil (RJ) e em várias outras cidades como Curitiba-PR, Passo Fundo - RS e Cataguazes -MG.
Foi gerente e gestor cultural do Centro de Cultura Raul de Leoni onde agenciou diversas exposições, festivais de teatro e música instrumental, shows, espetáculos e simpósios.

Lançou os seguintes discos infantis:
  • 1999 - “Sem borracha” com crianças de 2 a 9 anos de idade.
  • 1999 - “Coração Mamulengo” com a trilha sonora do espetáculo infantil homônimo. Neste disco, Aureh formou parceria com Ariano Suassuna (autor de “O Auto da compadecida”).
Com os alunos da escola Criativa Idade, lançou 2 CDs com a participação de 130 crianças. Os discos trazem um repertório de músicas folclóricas e composições de Aureh:
  • 2000 - “A Voz da Criativa Idade”
  • 2001 - “A Voz da Criativa Idade 2 - Nós fazemos um Mundo Melhor”
  • 2003 - “Cantando Sylvia Orthof – Músicas de Marco Aureh”
  • 2007 - “Roda de Cantigas” (Zé Zuca) – Selo Rádio MEC - Em vias de lançamento
– Aureh assina os arranjos (juntamente com Magro (MPB4) e Maurício Durão) - participa como instrumentista e vocalista também.
Além dos discos infantis, lançou 2 discos de música progressiva com excelente repercussão no cenário nacional e no exterior - “Lummen - Ao vivo no Rio Jazz Club” (1999) e “Palma - 12 Ciclos” (2003), ambos pelo selo Som Interior. Participou como flautista e arranjador em vários discos com tendências musicais diferenciadas.

Prêmios
Foram 6 indicações para o prêmio Coca- Cola de Teatro na categoria Melhor Música 1994, 1995, 1996-(RJ), 1996 (SP), 1998, 1999 (RJ). Aureh tornou-se um dos recordistas de indicações nesta categoria tendo conquistado o prêmio em 96 / RJ.
Durante os 12 anos de existência, este concurso teve concorrentes ilustres como os compositores Edu Lobo, Paulo Jobim, Eduardo Dusek, Paulo César Medeiros, Tim Rescala e Ian Guest , entre outros.

Principais premiações
  • Prêmio Coca-Cola de Teatro (RJ) 1996 /Categoria melhor música com a Trilha Sonora do Espetáculo “O Equilibrista”
  • Prêmio Coca-Cola de Teatro (RJ) 1994 (indicação) / Categoria Melhor música com a Trilha do espetáculo“O Pássaro do Limo Verde”
  • Prêmio Coca-Cola de Teatro (RJ) 1995 (indicação) / Categoria Melhor Música com a Trilha Sonora do Espetáculo “O Theatro de Brinquedo” (grupo Sobrevento)
  • Prêmio coca-cola de Teatro (SP) 1996 (indicação) / Categoria Melhor Música com a Trilha Sonora da versão Paulista do Espetáculo “O Pássaro do Limo Verde”
  • Prêmio Sharp de Teatro (RJ) 1994 (indicação) / Categoria Melhor Espetáculo com “O Pássaro do Limo Verde”
  • Prêmio Coca-Cola de Teatro (RJ) 1998 (indicação) / Categoria Melhor Música com a Trilha Sonora do Espetáculo “Conversa de Pescador”
  • Prêmio de melhor música original no XVIII Festival Nacional de Teatro de S.J. do Rio Preto - SP 1998 Pela Trilha Sonora do Espetáculo “O Menino detrás das Nuvens”.
  • Prêmio de Melhor Sonoplastia no XVIII Festival Nacional de Teatro de S.J.do Rio Preto - SP 1998 pela Trilha Sonora do Espetáculo “O Menino detrás das Nuvens”.
  • Prêmio de melhor Sonoplastia no IV Festival Nacional de Teatro de Campos-RJ pela Trilha Sonora do Espetáculo “A Última Estória”
  • Primeiro colocado no I Concusro Banda x Banda (1989) pela atuação e composição das músicas da Banda Vento
  • Bi-Campeão do II Concurso Banda X Banda (1992) novamente pela atuação e composição das músicas da Banda Vento
  • Prêmio Coca-Cola de Teatro(RJ) 1999 (pré-seleção) / categoria Melhor - música com a Trilha Sonora do Espetáculo “Coração Mamulengo”
  • Prêmio Maria Clara Machado (RJ) - 2002 (indicação 1o semestre) - categoria melhor música pela Trilha Sonora de “O Cavalo Transparente”
  • Prêmio - Homenagem CBTIJ (Centro Brasileiro de Teatro para Infância e Juventude) RJ - 2003 - Prêmio de reconhecimento pelo conjunto da obra musical voltada para o público infantil e juvenil.
  • Melhor músico progressivo de 2003 (BRASIL) - Eleito pelo site www.rockprogressivo.com.br
Discografia
  • Cantando Sylvia Orthof, músicas de Marco Aureh - CD indepentende ( 2003 ) contendo uma seleção de músicas compostas por Aureh sobre as letras dessa conceituada escritora. Atuou como Cantor, músico e arranjador.
  • Palma, 12 Ciclos - CD / Som Interior ( 2003 ) - Música Instrumental Progressiva. Atuou como compositor, músico e arranjador.
  • Ao vivo no Rio Jazz Club - Lumen - CD / Som Interior ( 1999 ) - atuou como vocalista, músico e autor das músicas.
  • A Voz da Criativa Idade I e II - CD infantil ( 2000/2001 ) - Cantor,compositor e diretor musical.
  • Coração Mamulengo - CD independente ( 1999 ) – Texto de Ariano Suassuna. Atuou como cantor,músico, arranjador e autor das músicas..
  • Pipócolis - Disco vinil infantil ( 1984 ) - atuou como cantor, Flautista e compositor
  • The Boock of Comedy - Anima Dominus - CD ( 1999 ) / atuou como flautista
  • Voz em Cena - Sem Borracha - CD infantil ( 1999 ) - cantor, compositor e Diretor Musical.
  • Blue Desert – CD de Música Instrumental do tecladista André Mello ( 2000 ) - atuou como Flautista
  • Anno Luz - vinil - Álbum de Música Instrumental ( 1987 ) - atuou como Flautista / relançamento em CD para o ano 2001
  • Julião Ríspole - vinil Independente( 1983 ) - atuou como Flautista e arranjador
  • Quero Fogo - independnete ( 2007 ) – CD do Cantor e Compositor César Nascimento.
  • Roda de Cantigas - selo Rádio MEC ( 2007 ) - CD do Cantor e compositor, Zé Zuca - atuou como arranjador e músico.
Mídia - Crítica (tópicos)
  • “Marco Aureh fez as músicas para as minhas letras de O Cavalo Transparente, o trabalho resultou mágico, forte!” (Sylvia Orthof – escritora e dramaturga (1988)
  • “Escute as músicas gostosas tocadas no violão, na flauta e na gaita pelo Marco Aureh, também diretor musical desse belo Ponto de Tecer Poesia” (Fanny Abramovich – educadora e crítica de produção musical infantil (SP 1989)
  • “Aureh talvez seja hoje um dos músicos jovens com maior currículo em produções específicas para teatro, criando uma música que transparece e se refina a cada produção” (Eliane Maciel – escritora e jornalista (1991)
  • “A música ao vivo que acompanha a cena passo a passo tem o comando de Marco Aureh numa trilha impecável” (O menino de trás das nuvens) (Lúcia Cerrone – crítica de teatro - Jornal do Brasil (1994)
  • “Embalando a peça estão as ótimas músicas de Marco Aureh” (O Pássaro do Limo Verde) (Manya Millen – crítica de teatro - O Globo (1996)
  • “A música de Marco Aureh usa os elementos dos sons da própria natureza, as idéias melódicas são de linguagem quase folclórica e ritualística – evoca espíritos” (Ian Guest - arranjador (1995) – bacharel em composição pela Berklee College,Boston; autor do método “Arranjo”, em 3 volumes – editora Lumiar.
  • 4- Cronograma / Custos
  • OFICINA 1
A oficina "Musicalização para Educadores 1” tem a duração de 8 horas subdivididas em 2 módulos de dois dias, 4 horas cada dia. Em caso de haver apenas um dia disponível: 4 horas pela manhã (das 9:00 às 13:00h) e 4 horas à tarde (das 14:00 às 16:00h).
  • OFICINA 2
A oficina "Musicalização para Educadores 2” tem a duração de 4 horas subdivididas em 2 módulos: 2 horas pela manhã (das 10:00 às 12:00h) e 2 horas à tarde (das 14:00 às 16:00h).
  • CURSO
O curso "Musicalização para Educadores” tem a duração de 16 horas em 2 meses subdivididos em uma aula por semana (2 horas/aula).
OBS: Número máximo de 20 por oficina/curso. A atividade também poderá ocorrer num final de semana. O horário das práticas pode ser outro. O local: uma sala ampla com quatro cadeiras. Estuda-se proposta alternativa.

Material necessário: lápis, papel, quadro (negro ou branco) para escrever, um aparelho de CD, duas cadeiras, folhas de jornal, um litro de água mineral.

Informações: (24) 2246 3589 / (21) 9569 0103 (Marco Aurêh)
contato@marcoaureh.com.br
Maiores informações no site oficial do artista e professor:
http://www.marcoaureh.com.br/

Nenhum comentário: